Notícias

galerias

A arte é um meio de expressão do que nos vai na alma. Uns usam-na através da pintura, da escultura, da arte plástica e até mesmo da fotografia. A criatividade renasce do espírito e com ela criam-se brilhantes obras a serem apreciadas. É uma subjetividade única, que quase não tem tempo nem lugar, porque apenas se sente.

 A capital do gótico, neste Verão In.Santarém, respira pintura em morais espalhados pelo centro histórico da cidade. Mas não só. As galerias de arte já estão abertas ao público. Inauguradas no passado dia 21, pelas 22 horas, estão patentes até 23 de setembro. Presentes estiveram o Presidente da Câmara da Santarém, Ricardo Gonçalves, a vice-presidente e vereadora da cultura, Susana Pita Soares e a vereadora da educação, Inês Barroso. Num tom emotivo, a vice-presidente referiu que se conseguiu mobilizar os donos das lojas, agora transformadas em galerias de arte, porque acreditaram que é possível que os seus espaços poderiam mostrar o imenso talento dos artistas “desta nossa terra”. Respondeu ainda aos scalabitanos, por este ano haverem menos galerias. “É que as lojas que antes estavam devolutas, este ano já estão em processo de arrendamento e algumas de reabilitação. E o objetivo desta iniciativa era também revitalizar o nosso centro histórico e torna-lo num lugar de todos os encontros”, destacou.

Esta é uma iniciativa do In.Artes com quatro galerias abertas. Na Rua Pedro Canavarro pode-se visitar a galeria “Até ao Equinócio”, com trabalhos de Carlos Amado, Fernando Veríssimo, Mário Rodrigues, José Catrola e Xavier Correia.

Na Rua 1º de Dezembro há exposição de forografia de José Augusto Costa, Ana Sousa Simões, Fátima Condeço, Isabel Silva, João Madeira, Lília Reis, Luis Perdigão, Maria Isabel Clara, Nuno Pereira, Paulo Semblante Mendes e Vitor Lopes. Esta é a galeria “Re incontros”, organizada pela In.Focus, que reúne fotografias que vão desde o desporto, passando pela natureza, paisagem, retrato, eventos até à macrofotografia.

Na Rua Serpa Pinto pode-se apreciar a Galeria “In”, com obras de Bruno Pellegrini, César Pires, Fátima Lima, Fernanda Narciso, Maria José Couto e Sandra Conde, assim como a galeria “Entra Aqui” com obras de Francisco Pereira.