Notícias

Depois do sucesso da primeira edição, está de volta o Street Food a Santarém, a partir de sexta-feira, dia 28 de Julho, às 18h00, e até domingo no jardim Portas do Sol. Comidas do Mundo é o tema desta segunda edição que contará com a presença de 12 roulotes ou food trucks. É uma iniciativa integrada no In.Sabores do programa Verão In.Santarém...é um espanto!.

 

O conceito do Street Food, não sendo novo, tem ganho adeptos nos últimos anos e parece ser uma realidade que está para ficar. No fundo, tem a ver com comidas que se podem comer facilmente na rua e que são servidas a partir de veículos originais, como vanspiaggios e atrelados.

A apresentação à imprensa da segunda edição do Street Food aconteceu esta terça-feira e contou com a presença do vereador Luís Farinha, de Maria João Botas, da organização do evento, e de Marta Pita Soares, da Associação Em Nome da Rosa, responsável pela animação musical do evento, uma novidade deste ano.

Dos 12 veículos, quatro são portugueses. A variedade da oferta é um dos grandes destaques deste ano. Segundo Maria João Botas, “temos um bocadinho de tudo. O festival do ano passado foi um sucesso enorme, mas falou-se que era necessário ter coisas diferentes.” Quanto ao local escolhido para o evento, a reação dos participantes está a ser muito boa e Maria João Botas diz que “estão fascinados” com as Portas do Sol.

A animação musical está a cargo da Associação Em Nome da Rosa. O evento, que recebeu o nome de Sound Set Fest, conta com a presença, no dia de abertura, de Pedro Salvador (guitarra elétrica), Joana Guerra (violoncelo e voz) e El Sur (folk, rock e música do mundo), a partir das 19h00. No sábado, para além das atividades do In.Movimento (Yoga e animação desportiva para crianças, às 11h00), há mais música depois das 18h00, com a atuação dos Quarto Escuro (rock, música do mundo e jazz), dos Mood Board (blues), dos 24 Robbers e dos Stomping at Six, ambas bandas de jazz. No domingo, último dia do Street Food, há palhaços com Branquinho, Pantufa e Cabeça de Nabo, às 17h00. A animação musical termina com a atuação dos Green System, uma banda de reggae, às 19h00.

O vereador Luís Farinha destacou a importância dos eventos ligados à gastronomia para a atração turística. Considerou que é essencial Santarém continuar na vanguarda da gastronomia, respeitando as tradições, mas acompanhando também as novas tendências em termos de restauração, como é o caso deste Street Food.

Luís Farinha salientou que este tipo de eventos são importantes para a afirmação da capitalidade de Santarém e para a atração turística. O vereador aproveitou para apresentar os últimos resultados nesta matéria. “Aumentámos o número de turistas na cidade, crescemos em termos de turismo religioso, aumentámos o número de estadias e de unidades de alojamento, que eram 18 e passaram a 37, na sua maior parte alojamentos locais”. Santarém possui, neste momento, 379 quartos, que são “insuficientes” em alturas de eventos.

O vereador anunciou também que Santarém irá ter em breve três novos espaços gastronómicos e que há dois projetos de hotelaria que se encontram em fase de estudo prévio, um no centro da cidade e outro no meio rural.

Street Food funciona de sexta a domingo com os seguintes horários: sexta-feira, entre as 18h00 e as 24h00; sábado, das 12h00 às 24h00; e domingo, das 12h00 às 22h00.

As 12 food trucks do Street Food 2017:

Pão com Segredos (Portugal) Sandes 

Desde o típico queijo da Serra à carne de porco, salmão ou até à couve portuguesa. De carne: Lombo de porco assado com queijo da serra e cebola caramelizada. Plumas de porco preto com lascas de queijo parmesão. De peixe: Salmão fumado com queijo creme e rúcula. Vegetariana: Couve estufada em sidra e cogumelos. www.facebook.com/Pão-com-Segredos-932870006797231/

Parisboa (França/Turquia) Crepes no palito e kebabs

A Parisboa é um projeto de street food de crepes doces e salgados à moda francesa. www.facebook.com/parisboacrepesetgalettes/

The Food Armada (Portugal) Choco frito e fofos da rainha

De sabor tradicional, a The Food Armada especializou-se em choco frito, servido em pequenas barcas com batata frita e limão. Tem também outros petiscos, como o chouriço assado e a bifana. www.facebook.com/thefoodarmada

Chicken and Chips (América) Galinha e batata frita

Chicken and Chips é Comida de Rua. O conceito baseia-se principalmente no frango, que é feito de várias formas, acompanhado por deliciosas batatas fritas. www.facebook.com/2016chickenandchips

Snack's & Shake's Sublime (Venezuela) Chouripão e pastéis de massa tenra

A oferta passa por Pastéis de Massa Tenra, Cachorros, Hamburguers e Chouripão, assim como deliciosas bebidas: Milk-Shakes ou Merengadas com diferentes toppingswww.facebook.com/sublimestreetfoodpt/

Snakies (Bélgica/Portugal) Waffles e batata frita

São do norte e espalham sabor por todo o País com as Batatas Fritas, os Waffles, Wraps e Outros Snacks. www.facebook.com/Snakiesstreetfood/

Poff´s (Holanda) Poffertjes mini panquecas

A origem do produto poffertjes resulta de uma receita tradicional holandesa de pequenas e macias panquecas. O projecto POFFS pretende reinventar o produto, fazendo a ligação da receita tradicional com as cores e sabores mediterrâneos, criando variedades doces e salgadas. www.facebook.com/poffs.streetfood/

Kurtos Kalács (Húngria) Bolo kurtos

Kürtös Kalács são uns bolos de origem da Transilvânia, que são grelhados ficando macios por dentro e caramelizado por fora. Leva várias coberturas. www.facebook.com/kurtoskalacsbytransylvania/?pnref=lhc

Pascoalini (Itália/Portugal) Gelados artesanais

São responsável pela transformação em gelado de alguns dos doces regionais do Ribatejo: Pampilhos, os famosos bolos escalabitanos; Celestes, doces conventuais à base de ovos e amêndoa; e a mousse de chocolate com arrepiado, típico de Almoster. www.facebook.com/pascoalini.geladaria/

Água na Boca (América) Cachorros

Cachorros quentes para todos os gostos. Vem provar o nosso maravilhoso cachorro Num pão super fofo e saboroso, sempre com ingredientes fresquinhos é mesmo de deixar água na boca! www.facebook.com/aguanabocastreetfood/

Aqui e Ali (Portugal) Torricados tradicionais e originais

Há muita escolha: de bacalhau; presunto, queijo brie e rúcula; petinga, pimento e rúcula; queijo de cabra, nozes mel e oregãos.

Tripa on Wheels (Portugal) Tripa de Aveiro

Um doce tradicional de Aveiro - tripa de ovos moles, bolacha americana.